Comunidade de Pokémon e Videojogos no geral!

Login

Esqueci minha senha

Dezembro 2016

DomSegTerQuaQuiSexSab
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Calendário Calendário

Parceiros

Fate4Anime
PokéFórum-PT

    Creative Assembly: "70% dos jogos não são suficientemente bons"

    Compartilhe

    Jonas
    Arcanine

    Mensagens : 735
    Reputação : 5
    Data de inscrição : 02/01/2012
    Idade : 18
    Localização : Amarante

    Creative Assembly: "70% dos jogos não são suficientemente bons"

    Mensagem por Jonas em 5/9/2012, 23:15

    "Renaud Charpentier, designer principal da série Total War Battles: Shogun, bateu o punho na mesa ao lamentar a falta de atenção no design na maioria dos produtores, referindo que 70 % dos jogos não passariam num teste prévio.
    Os comentários de Renaud ganharam eco em mais uma sessão da Unite 2012 que decorreu no mês passado em Amesterdão, tendo o designer sido acompanhado pelos colegas Nick Farley e Mattijs Van Delden da Creative Assembly a respeito do valor de um protótipo de jogo em fase de desenvolvimento.
    "Quando olhas para o mercado, provavelmente 20 ou 30 por cento dos jogos revelam segurança e talvez 60 a 70 por cento não sejam suficientemente bons. Habitualmente eles correm. Muitos não "crasham" - são competentes tecnicamente. Muitos deles parecem ok ou até bons mas jogam-se mal", disse Renaud.
    Para Renaud Charpentier muitos produtores não valorizam suficientemente a fase protótipo do jogo e não refinam o produto. Falham em descobrir bem cedo as ideias centrais do jogo não conseguindo operar uma informação devida às outras áreas do jogo.
    "O risco maior deles não é a tecnologia, a arte, ou o design. Tens de perceber isto: tem que ver com muitas outras decisões. Felizmente nós fazemos isso na Creative Assembly, mas isso ainda está a faltar e tem de mudar"
    "Nós não podemos continuar a lançar jogos que ninguém diga que não são interessantes para jogar ao fim de 30 minutos quando 20 ou 30 pessoas passaram dois anos a trabalhar neles. Não faz sentido."
    No fundo, a maior frustração de Renaud Charpentier não resulta enquanto designer mas como jogador: "Como jogador, eu detesto seguir todo o processo de descarga do jogo, instalação, configurar o comando, avançar para o tutorial, jogar durante mais algumas horas e aperceber-me que é tão aborrecido".

    Fonte: Eurogamer


    _________________





    _____________________________________
    A jogar: Metro: Last Light Very Happy

      Data/hora atual: 7/12/2016, 08:33