Comunidade de Pokémon e Videojogos no geral!

Login

Esqueci minha senha

Dezembro 2016

DomSegTerQuaQuiSexSab
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Calendário Calendário

Parceiros

Fate4Anime
PokéFórum-PT

    Pokémon Diamond Version & Pearl Version (NDS)

    Compartilhe

    BAlvez
    Mewtwo

    Mensagens : 6024
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 30/12/2011
    Idade : 24
    Localização : Vila Nova de Gaia

    Pokémon Diamond Version & Pearl Version (NDS)

    Mensagem por BAlvez em 4/3/2014, 16:20


    Versão testada: Pokémon Pearl

    Em 2004 a Nintendo lançou nos Estados Unidos da América e no Japão uma nova consola portátil de nome Nintendo DS, uma consola inovadora pois tem dois ecrãs onde o inferior é táctil e podia ligar-se à internet via Wi-Fi, tecnologias pouco exploradas que só se encontravam em certos dispositivos como os PDA's e computadores portáteis. Na altura de pré-lançamento da consola, a Nintendo numa das várias conferências focadas em apresentar esta nova consola, anunciaram que a Game Freak estava a trabalhar em novos jogos de Pokémon e que essas novas entregas iriam ser lançadas no decorrer do ano seguinte. Essas novas entregas têm o nome de Pokémon Diamond e Pearl mas a produtora não se sentia bem com o produto desenvolvido até essa altura, pretendiam tirar o maior proveito das funcionalidades da nova consola e para fazer um trabalho melhor precisavam de mais tempo. A Nintendo compreendeu o pedido, adiou o seu lançamento para 2006 e acabou por ser lançado em Setembro no Japão, entre Abril e Junho para os territórios ocidentais e pela primeira vez, Pokémon foi localizado para Coreano e em Fevereiro de 2008 foi lançado.
    Tendo em conta estes acontecimentos antes do lançamento, a questão que fica por responder é "será que valeu a pena esperar tanto tempo?" e objectivo desta análise passa por responder a esta simples questão, mas antes vamos conhecer a nova região que Diamond e Pearl nos introduz.

    Desta vez nós estamos em Sinnoh, uma região bastante conhecida por ter uma enorme montanha no seu centro chamada de Mt. Coronet e tem zonas tão frias que onde até fazem nevar nas regiões mais altas. Mas nós começamos em Twinleaf Town que é um dos locais mais a oeste da região e fica perto do Lake Verity, um dos lagos da região onde existe o mito de lá viverem os espíritos de Pokémon ancestrais que ajudaram a criar o mundo.
    No dia em que ganhamos controlo do nosso personagem, vemos na televisão uma reportagem sobre um Gyarados vermelho que vive num lago, ao saber disto vamos ao encontro do nosso melhor amigo (Barry é o seu nome por defeito) e curioso e entusiasta que é desafia-nos para irmos ao lago local procurar por um Pokémon igual. Ao chegar lá somos atacados por Starlies selvagens e por acaso está lá uma mala esquecida que contém três Pokébolas, e temos de escolher uma para nos defendermos de tal ataque, e depois de derrotarmos esses Pokémons voadores, decidimos pegar na mala e ir embora para devolve-la ao seu dono que acaba por ser o Professor Rowan, um professor de Sinnoh que se especializa na evolução dos Pokémon, que ao ver os Pokémons que nós usamos diz para ir ao encontro dele no seu laboratório Sandgem Town pois precisa de conversar connosco. Assim que o encontramos ele oferece-nos o Pokémon que usamos para nos defender anteriormente e também a Pokédex pois pretende que viajemos pela região para completar todas as páginas dessa famosa enciclopédia para descobrir novas evoluções dos Pokémons e também crescer enquanto treinador, para isso temos de desafiar todos os 8 ginásios e de seguida vencer a liga Pokémon.
    Ao longo desta aventura iremos encontrar o nosso melhor amigo e rival que terá o Pokémon de tipo vantajoso face à nossa escolha e também o assistente do professor Rowan que será do sexo oposto ao nosso personagem e terá o Pokémon que resta, mas também iremos encontrar uma organização estranha chamada de Team Galatic, não sei qual é o objectivo deles mas os seus capangas são no mínimo hilariantes.

    Esta quarta geração de Pokémon trouxe uma afinação à série que mudou por completo as estratégias que ao longo dos anos uma pessoa se acostumou a usar. Nos jogos anteriores os tipos eram separados em duas categorias onde os tipos físicos tiravam proveito do Attack do Pokémon e os especiais do Sp. Attack e isso tanto poderia ser benéfico como prejudicial para os diferentes Pokémons. Peguemos na família Gastly como exemplo, estas criaturas são do tipo Ghost e Poison que são dois tipos de cariz físico mas os Base Stats deles têm uma maior abundância no Sp. Attack, por causa disto estes Pokémons não tiravam grande proveito dos seus tipos para beneficiar do STAB e tinham de utilizar ataques como o Thunderbolt para ter uma utilidade maior. Para além disto, existem ataques que faziam contacto com o Pokémon adversário e isso viu-se na 3ª geração quando encontrávamos um Pokémon com uma habilidade como Flame Body ou Static que ao fazer contacto podia causar status ailment ao adversário, mas isto não fazia muito sentido pois ao utilizar o Bite, um ataque Dark que é de cariz especial, nós poderíamos ser afectados por habilidades com essas pois causava contacto mas ao utilizar, por exemplo, o Swift que é um ataque do tipo normal e é de cariz físico essas habilidades não activam pois não causavam contacto físico. Este sistema estava muito mal implementado e causava confusão na cabeça de muita gente, por isso Diamond e Pearl tornou pegou individualmente em cada ataque e tornou-os ou físicos ou especiais, um Flare Blitz por exemplo é do tipo fogo mas um ataque físico logo causa contacto, enquanto o Flamethrower é também um ataque de fogo mas de cariz especial e não existe contacto, mas também existe um ou outro ataque que é excepção à regra como o Earthquake, causa danos físicos mas não existe contacto. Foi uma simples afinação, mas mudou por completo o sistema de combate de Pokémon e qualquer Pokémon pode tirar o devido proveito do seu tipo e Stats, hoje um dia o Gengar é um Pokémon bastante popular por ser um dos melhores Pokémons a atacar com movimentos de cariz especial. Gostei bastante desta nova abordagem e é dos maiores marcos na evolução da série Pokémon pois fica tudo mais versátil e juntamente com as Naturezas, EV's e IV's faz disto um conjunto bem conseguido.
    Como disse anteriormente, a especialidade do Professor Rowan é a evolução dos Pokémons e esse é o tema desta nova geração pois embora existam mais de 100 novos Pokémons, grande parte deles são evoluções de Pokémons já conhecidos, como a Eevee que agora tem uma evolução do tipo Grass e outra do tipo Ice mas só evolui para essas novas evoluções se crescer um nível perto de umas rochas, mas também existem novas pedras evolucionarias e novos itens que ao trocar certo Pokémon a segurar esse item faz evoluir, como um Dusclops com um Reaper Cloth faz com que ele evolua para Dusknoir, mas também existem novas espécies onde só se pode fazer evoluir para elas caso o Pokémon seja de determinado sexo, como um Kirlia só poderá evoluir para Gallade caso seja macho. Mas também existem novas pré evoluções como Munchlax que é a pré evolução do Snorlax, mas para que seja essa nova espécie a sair de um ovo é preciso que o Snorlax faça breeding enquanto segura uma Full Incense, tal como o Marill e o Wobbuffet precisavam de fazer na 3ª geração para que nascesse um Azurill ou um Wynaut e claro, cada espécie de Pokémon que tenha uma dessas novas forma bebé precisa de uma incense específica para que isso aconteça. Outra novidade em relação aos ovos de Pokémon tem a haver com o nível que nascem pois agora é o um, algo que devia ter acontecido desde início mas a Game Freak justificou que existia um Glitch no sistema anterior que fazia com que um recém nascido a nível 1 evoluísse para nível 100 instantaneamente e para contornar a situação fizeram para que o recém nascido nascesse a nível 5.
    Este novo tema de é bastante interessante e trouxe novas dinâmicas para certos Pokémons mas Diamond e Pearl falham redondamente a introduzir estas novas espécies. A Pokédex de início pode registar até 151 espécies que se podem encontrar em Sinnoh mas as espécies disponíveis estão muito mal distribuídas pois não existe uma grande variedade de tipos de Pokémon e grande parte das novas evoluções só estão disponíveis após vencer a liga Pokémon, o que está mal e não faz qualquer sentido, se o objectivo é mostrar novas evoluções porque não introduzir ao longo da aventura? Esta Pokédex é das maiores críticas que posso fazer a este jogo pois até limita as equipas das personagens, o Elite Four Flint que é especialista em Pokémons de fogo apenas tem dois Pokémons que correspondem ao seu tipo de eleição (e são as únicas espécies de fogo até vencer a liga), os outro três são do tipo Ghost, Steel e Normal, é ridículo.
    Uma outra novidade é a utilização do ecrã Touch e ele permite escolher os movimentos a usar em batalhas e é bem mais intuitivo pois não só diz o tipo dos ataques que podemos utilizar como também apresenta uma cor para cada tipo e acção, porém este é o único elogio que posso fazer ao touch destes jogos... Quando chegarmos a Jubilife City não podemos prosseguir até obtermos o Pokémon Watch, Pokétch para abreviar, é um relógio com aplicações úteis que facilitam a vida de um treinador e sempre que estamos a navegar no cenário é isso que preenche o ecrã táctil. Ao carregar no botão o relógio alterna entre as aplicações que tem instaladas como uma calculadora, um bloco de notas, um pedómetro e claro, a apresentação da hora actual (que será a mesma do sistema Nintendo DS) mas ao longo da aventura vamos conseguindo mais aplicações como o verificador de amizade dos nossos Pokémons, a Downsing Machine que é um radar que descobre a localização de itens escondidos, se existem berries a colher nos locais por onde já passamos e ainda o estado dos nossos Pokémons no Day Care que não só apresenta o nível actual como também se existe ovos, algo bem útil não? Sim, é bastante útil e existem 25 aplicações que podemos utilizar assim que disponíveis, porém está muito mal adaptado ao ecrã táctil da consola pois o Pokétch apenas tem um botão que serve para mudar de aplicação. Imaginemos o seguinte cenário, temos 15 aplicações e neste momento estamos a ver as horas mas lembramos que temos precisamos de fazer uma conta, para isso basta carregar uma vez no botão para ir para essa aplicação, mas depois de realizada a matemática queremos que o relógio volte a apresentar as horas e o que temos de fazer para isso? Premir 13 vezes o botão para voltar à aplicação das horas, não existe um botão para ir para a aplicação seguinte e outro para a anterior, o que é bastante chato e pouco User Friendly, mas a aplicação que serve como Itemfinder chateia-me um pouco. Para verificar se existe algum item escondido no raio de 8 passos é necessário parar o nosso personagem e com a stylus da consola verificar no gráfico se existe algum ponto que corresponde a algum item, isto quebra e muito o ritmo do jogo, podia bem apresentar sempre se existem ou não itens escondidos ou utilizar um sistema que não obrigue que paremos o nosso personagem. Embora uma boa ideia e útil, o Pokétch não é propriamente cómodo de usar, mas infelizmente não é só este utensílio que estraga a experiência táctil destes jogos. Para gerir os Pokémons da nossa equipa ou no PC temos de utilizar só e apenas os botões da consola, nada de um sistema onde se utiliza este novo ecrã e isso arruína a comodidade do utilizador pois tem ali um ecrã que nada apresenta nessas situações e é frustrante olhar para o segundo ecrã e nada poder fazer nele nessas situações. Ao gerir itens e a utilizar a Pokédex já podemos interagir com o ecrã táctil mas nós apenas podemos mexer numa espécie de roleta para navegar nesses menus, não é nada intuitiva essa interface e quebra o ritmo de uma pessoa que mais depressa volta a utilizar os botões da consola para navegar. Deixa muito a desejar estas funcionalidades tácteis que em nada ajudam a melhorar a experiência de um jogador.
    Uma outra coisa que está de volta e reformulado são os Contests pois agora não é só um concurso para exibir as habilidades dos nossos Pokémons como também a sua beleza, por isso em Sinnoh eles são conhecidos como Super Contests e está localizado em Hearthome City. Os Super Contests estão divididos em 3 fases, a primeira é vestir o nosso Pokémon com acessórios que vamos encontrando ao longo do jogo ou no Amity Square, um local onde podemos passear com um Pokémon que nos pertence ao nosso lado tal como o Pikachu de Pokémon Yellow, e ao interagir com ele nós podemos encontrar não só acessórios para os Contests como também itens raros, o problema com este local é que embora uma boa ideia, apenas certos Pokémons podem estar ao nosso lado e não é qualquer jogador que os tem, por isso se quiser dar uma volta com o seu Pokémon precisa de encontrar um que seja permitido. A ideia é boa mas podia ser melhor implementada e para isso bastava que permitissem a entrada a Pokémons que um treinador tenha garantidamente, como o seu Pokémon inicial. Depois do nosso Pokémon vestido no Super Contest, o júri irá avaliá-lo e decidir quem é o vencedor dessa ronda, já a fase seguinte é dedicada à dança e temos de dançar tal e qual como o Pokémon que está a liderar ou se formos nós a liderar, fazer passos de dança difíceis para que os adversários não consigam acompanhar-nos e o Pokémon com melhor pontuação no geral é quem vence esta ronda. Por fim temos a fase final que funciona da mesma forma que os Contests da terceira geração e é a ronda que mais pontuação influência para a classificação final, e quem tiver a maior pontuação na geral é o vencedor. E desta vez os Pokéblocks deixaram de existir mas foram introduzidos os Poffins, pequenos bolos de Berries que podemos cozinhar numa habitação em Hearthome e para o fazer precisamos de utilizar o ecrã táctil para mexer a massa do bolo numa determinada direcção e caso mexermos rápido demais a massa do Poffin sai do tacho ou se mexermos demasiadamente lento o bolo começa a queimar, é mais um Mini-jogo que influencia na qualidade da nossa comida para Pokémons. Este não é um departamento que me captou interesse mas tenho que admitir que é uma experiência mais profunda daquilo que já conhecíamos e ao contrário das outras funcionalidades tira relativamente bom proveito do novo ecrã táctil.
    Uma outra novidade é a existência de túneis subterrâneos que prima a exploração do jogador e a conectividade com outras pessoas a nível local. Assim que conseguirmos o Exploration Kit, nesse "parque" subterrâneo podemos fazer diversas coisas como criar uma base secreta e decorá-la (tal como em Ruby, Sapphire e Emerald), plantar armadilhas para os visitantes, interagir com outras pessoas que estejam no subterrâneo ou até mesmo escavar paredes à procura de itens. Para saber que locais podemos escavar basta tocar na tela táctil e ver que locais brilham, e ao interagir com esse local abre-se um mini-jogo de escavação onde podemos utilizar uma picareta ou uma marreta para descobrir que coisas se escondem por detrás da terra, mas temos de escavar as coisas antes que a parede comece a ruir. Se usarmos a picareta, os nossos golpes são mais precisos mas menos fortes e isso faz com que a parede rua mais lentamente, a marreta é mais forte e causa que a parede rua mais rapidamente, por isso a marreta é uma ferramenta mais útil para remover pedras e recomendada apenas para esse efeito, enquanto a picareta é para escavar as nossas descoberta com maior precisão e para a parede durar mais tempo. As nossas descobertas pode ser diversas coisas, itens valiosos Nuggets ou Rare Bones, Plates, Shards, Heart Scales ou até mesmo fósseis, por isso vale a pena perder um pouco de tempo neste local pois existe sempre algo de interessante para descobrir.
    Uma outra novidade, ao contrário da 3ª geração esta nova permite transferir Pokémons dos jogos anteriores, para isso basta inserir um cartuxo de jogo da Game Boy Advance e ir ao Pal Park assim que vencermos a liga. Este local fica a sul de Sandgem Town e permite transferir por dia apenas 6 Pokémons que estejam no PC e de cada cartuxo de jogo mas também esses Pokémons não podem conhecer nenhum HM senão não podem ser transferidos, a razão disto não é de meu conhecimento mas isto não é nada user friendly porém nem tudo fica aqui. Depois de transferidos 6 Pokémons, teremos de os recapturar e para isso temos de procura-los nas diversas localizações que o Pal Park nos oferece, como a Praia, Floresta, Montanhas ou o Lago e embora baste atirar uma Pokébola para ficarmos com o Pokémon, nós temos de saber qual local eles preferem viver e nem sempre os Pokémons aparecem, podemos bem estar 5 minutos numa área onde determinado Pokémon deve estar e ele não aparecer. Isto é bastante chato pois temos de saber onde os Pokémons devem de viver e ter a sorte de aparecem logo, recomendo vivamente utilizar um guia para orientar onde os Pokémons transferidos podem estar senão bem que podem perder umas belas horas por dia só para transferir os Pokémons da 3ª geração para os jogos da 4ª e claro, depois de transferidos os Pokémons não podem voltar aos seus jogos de origem.
    Agora falando em novidades menores mas importantes, por causa do Pokétch a importância das horas é maior as fases do dia que existiram na 2ª geração estão de volta assim como os Pokémons que aparecem apenas nessas alturas do dia, algo que fazia falta para a dinâmica dos cenários. Uma outra coisa que gostaria de referir é a introdução de dois novos HM's que é o Defog (que entra em detrimento do Flash que agora é um TM opcional para um só local) e o Rock Climb. O primeiro é do tipo voador e remove a névoa que se encontram em certos locais e que dificultam a visualização do cenário, o Rock Climb permite trepar a locais altos. Para além disso, depositar itens no PC já não é mais possível e a nossa mochila agora tem 8 bolsas e capaz de armazenar tudo, com o acumular de muita coisa e com o sistema de navegação dos menus, encontrar aquilo que procuramos pode não ser a tarefa mais cómoda, mas é um pequeno preço a pagar por existir tal capacidade de armazenamento e que ajuda a progressão da aventura removendo por completo aquele momento em que encontramos um item no chão mas não o podemos guardar pela nossa mochila estar cheia.
    Por fim resta-me falar das funcionalidades Wi-Fi e preparem-se para mais críticas. Num determinado ponto do jogo iremos receber o Pal Pad que permite registar amigos através de Friend Codes, um código único de cada jogo que serve como seu ID e assim que registarmos um amigo podemos realizar combates e trocas com ele, mas para isso o nosso amigo também precisa de registar o nosso código de amigo senão não nos irá encontrar Online, e caso falhe um único número, também não irá aparecer. Este sistema de Friend Codes não é o melhor, porém funciona para jogar com amigos, mas quando quisermos jogar com outras pessoas que não nossas conhecidas isso não é possível, precisamos de encontrar alguém algures em fóruns da internet para conseguir comunicar com outras pessoas. Mas existe uma forma de contornar essa situação face a trocas, existe um sistema chamado de Global Trade Station que permite que fazer trocas com todo o mundo, por exemplo, nós colocamos no servidor um Pokémon nosso e dizemos que procuramos determinado Pokémon de tal sexo e entre estes níveis e se alguém vir o nosso Pokémon e tiver um que cumpra os nossos requisitos, envia para o servidor o seu bicho e fica com aquele que era e assim que regressar-mos os GTS iremos receber o Pokémon que essa outra pessoas nos enviou e podemos, algo bem útil e bem pensado, porém só podemos pedir Pokémons que estejam de alguma forma registada na nossa Pokédex e não existe forma de pedir um Pokémon que não foi visto por nós no jogo. E nós podemos encontrar Pokémons de outras regiões e isso pode ser de alguma forma benéfico para quem procura Shinies, para mais informações basta pesquisar pelo Masuda Method na internet. Fora isso ainda existe a Battle Tower (que fica acessível após vencer a liga) que permite registar uma equipa nossa de três Pokémons e fazer o Download de equipas de outras pessoas e utilizar a Battle Tower como se utilizaria face ao CPU. Este não é o sistema mais eficaz para a comunicação entre pessoas ao longo do mundo, mas faz o seu trabalho minimamente bem, especialmente para a altura em que os jogos foram lançados.
    Em questões de duração de jogo, tendo em conta tudo o que foi dito, existe bastante conteúdo capaz de nos fazer agarrar por algumas horas mas acho pena que exista de novo só e apenas uma Battle Tower em vez de uma Battle Frontier para testar as nossas capacidades competitivas no mundo Pokémon, porém ela está localizada numa ilha chamada de Battle Zone a noroeste de Sinnoh onde existe muito a explorar e muito para ver assim como um local perto da saída da Victory Road que passou a estar disponível, e isso promove a curiosidade dos mais aventureiros e que os mais entusiastas tenham desafios maiores pela frente.
    Visualmente, estes jogos desiludiram-me. O mundo é sobretudo em 2D mas existem alguns edifícios e modelos de outros objectos em 3 dimensões não estão bons, para uma consola de 64 bits é mau existir uma apresentação assim, pelo menos no mundo em redor pois os combates continuam a ser Sprites com os Pokémons adversários a mexerem-se quando entram e as animações de qualidade dos ataques, como já seria de esperar e é agradável, mas nem mesmo os combates fogem às minhas críticas... Os jogos do Game Boy Advance tinham um grafismo de 60 fps's e a movimentação do personagem e combates eram algo rápidos mas na Nintendo DS o rácio de frames foi reduzido em metade, não compreendo o porquê disso tendo em conta o grafismo que apresenta mas o que sei é que tornaram as batalhas algo aborrecidas. Existe a animação e assim que concluída a barra de HP começa a decrescer e isso demora uns valentes segundos, o que antes acontecia num segundo passou a acontecer em 3 segundos ou mais tendo em conta a quantidade de HP que retiramos ao adversário e isto torna-se chato, por isso é que desliguei as animações de combate para ter uma experiência mais rápida e dinâmica como a série nos habituou nas gerações anteriores. Fora isso, é de salvaguardar o bom design que este jogo tem e permite que a aventura consiga ser facilmente apreciada pois está bem equilibrada e os cenários são diversificados, tanto existem locais montanhosos como praias, locais com neve como uma densa floresta.
    A nível de audio este também desilude, eu critiquei as versões Ruby e Sapphire por utilizarem sempre os mesmos instrumentos mas embora isso fosse notório e por vezes fartava, existem algumas músicas de qualidade e que conseguem contornar essa questão, em Diamond e Pearl existe mais variedade mas a qualidade não é a melhor. Existe uma ou outra melodia que escapa (assim de repente, lembro-me da Route 201 que adorei) mas a qualidade está muito abaixo do que a série nos tem habituado, o que posso destacar pela positiva é que todas as localizações do jogo têm três diferentes ritmos para as suas melodias dependendo da fase do dia em que se encontra, uma mais mexida de tarde, mais calma à noite e de manhã um ritmo tanto suave como mais acelerado por se tratar da fase de transição de um dia para o outro. Falando em efeitos sonoros, este jogo é selectivo, na neve ouve-se o personagem a deslocar-se mas na areia não assim como a caminhar sob as ervas altas, fica algo a desejar tendo em conta o bom trabalho feito na 3ª geração neste aspecto.

    Gráficos 7 - Esperava muito mais e é capaz de tornar as batalhas algo secantes, mas faz o seu trabalho;
    Jogabilidade 7 - O normal de Pokémon mas o Touch Screen não foi bem aproveitado e a Pokédex está ridícula, salva-se as classificações dos ataques;
    Som 6,5 - Existe quantidade, diversidade mas falta qualidade;
    Longevidade 9,5 - Uma aventura bem grande com muito que fazer, falta é uma Battle Frontier;
    Dificuldade 9 - Adapta-se a qualquer tipo de jogador mas falta a Battle Frontier para apimentar a coisa.

    Nota Final - 7,8

    Dito isto só me resta responder à questão que coloquei inicialmente e a resposta é não, não valeu a pena esperar tanto tempo por estes jogos pois tecnicamente desilude bastante, mas por se tornar um jogo de Pokémon consegue ter o seu brilho face aos fãs pois oferece quase tudo aquilo que se queria, uma melhor Pokédex melhoraria bastante esta experiência.
    Mais valia terem adiado mais um pouco estes jogos, por isso nessa altura só me resta esperar que conseguissem melhorar este produto.


    Última edição por BAlvez em 7/3/2014, 23:53, editado 3 vez(es)

    BAlvez
    Mewtwo

    Mensagens : 6024
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 30/12/2011
    Idade : 24
    Localização : Vila Nova de Gaia

    Re: Pokémon Diamond Version & Pearl Version (NDS)

    Mensagem por BAlvez em 7/3/2014, 16:40

    BUMP!

    Foram adicionadas algumas sessões que me esqueci de falar na altura em que escrevi esta análise, tais como o Underground e novidades de menor escala.


    _________________


    Friend Code 3DS XL (principal) | 4081-5670-1330
    Friend Code 3DS (secundária) | 1907-9133-8595
    Nintendo Network ID Wii U | BAlvez

    lobito180
    Mewtwo

    Mensagens : 5234
    Reputação : 21
    Data de inscrição : 20/01/2012
    Idade : 21

    Re: Pokémon Diamond Version & Pearl Version (NDS)

    Mensagem por lobito180 em 7/3/2014, 17:16

    Bem, isto é grande... Mais logo leio com calma! Razz

    Adicionado ao índice de análises! Wink

    xdjogs
    Suicune

    Mensagens : 2676
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 05/01/2012
    Idade : 22
    Localização : Caldas da Rainha

    Re: Pokémon Diamond Version & Pearl Version (NDS)

    Mensagem por xdjogs em 7/3/2014, 18:21

    Mais uma grande análise, BAlvez! Eu pessoalmente joguei pouco desta geração, mas gostei bastante. O design dos Pokémons para mim ainda tinha o feeling original xD E daqui saiu um dos meus preferidos, o Lucario!


    _________________

    O meu RPG: http://pokemaxi.foruns.com.pt/t693-cartao-de-jogador-xdjogs
    O meu perfil no Deviantart: http://elricmon.deviantart.com/

    Tópico dos Jogos à borla para o Steam: http://pokemaxi.foruns.com.pt/t988-jogos-a-borla-para-o-steam

    Miguelcmb
    Suicune

    Mensagens : 2459
    Reputação : 21
    Data de inscrição : 30/12/2011
    Idade : 19
    Localização : Lisboa

    Re: Pokémon Diamond Version & Pearl Version (NDS)

    Mensagem por Miguelcmb em 7/3/2014, 20:24

    Boa análise!

    Joguei muito o Diamond, e foi o único jogo de Pokémon em que realmente me esforcei para completar a National Pokédex, mas não cheguei a fazê-lo, faltaram-me poucos. Um dia, talvez tente terminá-la. Quanto à Pokédex regional, concordo completamente com o que disseste. Em relação a Pokémons de fogo, por exemplo, só há o inicial Chimchar e suas evoluções, juntamente com a Ponyta/Rapidash, ou seja, apenas duas linhas de evolução. Pelo menos no Platinum acrescentaram mais um ou outro Pokémon de fogo, mas as versões Diamond & Pearl deixaram muito a desejar em relação à Pokédex.

    O tempo das batalhas e das animações foi algo em que nem pensei muito quando joguei estes jogos, mas há uns tempos atrás voltei a jogar o Platinum e reparei nisso que disseste. As batalhas nestes jogos acabam por ser mais aborrecidas que na 5ª e 6ª gerações...


    _________________
    A jogar: Pokémon Alpha Sapphire e Fallout New Vegas
    RPG Team: Oshawott () lv.9 / Spearow () lv.10 / Elekid () lv.10 / Cleffa () lv.8 / Phanpy () lv.8


    BAlvez
    Mewtwo

    Mensagens : 6024
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 30/12/2011
    Idade : 24
    Localização : Vila Nova de Gaia

    Re: Pokémon Diamond Version & Pearl Version (NDS)

    Mensagem por BAlvez em 7/3/2014, 21:29

    Antes demais deixem-me dizer que alterei umas coisas em relação ao Som deste jogo e acrescentei outras no grafismo e desci a nota do jogo num ponto, isto porque ontem terminei a versão Platinum e revisitei D&P e reparei numas outras coisas que não mencionei.
    Esta análise foi bem chata de escrever, quando publicar a do Platinum percebem o porquê de dizer isto.

    lobito180 escreveu:Bem, isto é grande... Mais logo leio com calma! Razz

    Adicionado ao índice de análises! Wink

    Obrigado lobito! Então fico à espera do teu comentário Wink

    xdjogs escreveu:Mais uma grande análise, BAlvez! Eu pessoalmente joguei pouco desta geração, mas gostei bastante. O design dos Pokémons para mim ainda tinha o feeling original xD E daqui saiu um dos meus preferidos, o Lucario!

    Obrigado xdjogs Wink

    Também gosto muito do Lucario e do Design dos novos Pokémons, mas isso é por muitos serem Pré-Evoluções e Evoluções de Pokémons que a malta já conhecia e o problema do jogo passa mesmo por aí, por não mostrarem muitas dessas novas formas ao longo de um Playtrought normal, se na altura eu não utilizasse Internet certamente só as iria conhecer quando jogasse um jogo futuro que me mostrasse isso.

    Miguelcmb escreveu:Boa análise!

    Joguei muito o Diamond, e foi o único jogo de Pokémon em que realmente me esforcei para completar a National Pokédex, mas não cheguei a fazê-lo, faltaram-me poucos. Um dia, talvez tente terminá-la. Quanto à Pokédex regional, concordo completamente com o que disseste. Em relação a Pokémons de fogo, por exemplo, só há o inicial Chimchar e suas evoluções, juntamente com a Ponyta/Rapidash, ou seja, apenas duas linhas de evolução. Pelo menos no Platinum acrescentaram mais um ou outro Pokémon de fogo, mas as versões Diamond & Pearl deixaram muito a desejar em relação à Pokédex.

    O tempo das batalhas e das animações foi algo em que nem pensei muito quando joguei estes jogos, mas há uns tempos atrás voltei a jogar o Platinum e reparei nisso que disseste. As batalhas nestes jogos acabam por ser mais aborrecidas que na 5ª e 6ª gerações...

    Obrigado Miguel Wink

    Sim, são precisamente esses os únicos Pokémons de fogo durante a história e eu notei logo essa escassez no meu primeiro Playtrought na versão Pearl, escolhi o Turtwig e como na altura tinha uma mania de ter equipas com os mesmos tipos pesquisei na net para conhecer o meu leque de opções e vi que só poderia encontrar uma Ponyta ou então não usava nenhum Pokémon de fogo, eu não gostava desse Pokémon mas fui forçado a usá-lo e o ridículo é que as próprias NPC's estavam limitadas, como referi na análise o caso do Flint. Depois dessa primeira experiência escolhi sempre o Chimchar como Pokémon inicial, de tal forma que eu apenas usei o meu primeiro Piplup ao longo deste ano (é forte mas não gostei xD).

    E eu também só devo de ter reparado nisso das animações por ter andado a jogar a 5ª e 6ª gerações antes de voltar à 4ª e segundo sei, isto tem a haver com a programação do novo sistema de Pokémon porque primeiro calcula o dano e o HP que irá tirar e depois vai retirando o HP ponto por ponto, por isso é que no início do jogo o ritmo é algo acelerado e quando já somos fortes as batalhas são mais secantes. Hoje peguei na minha versão Soul Silver e estou a gostar bastante deste início de jogo pois as coisas são feitas rapidamente, mas à pouco peguei na minha versão Heart Gold e derrotei um Tangela de nível 40 com um Brave Bird do meu Pidgeot a nível 90 e demorou 4 segundos a ir com o caraças.
    Felizmente a 5ª geração está melhor programada nesse sentido e o HP desce num piscar de olhos.

    BTW, estava a pensar em usar um Bellsprout na minha equipa da SS e apareceu-me logo um Shiny, é a primeira vez que me aparece um assim tão cedo no jogo xD A sua Nature não é a melhor (Calm) mas vou usá-lo à mesma pois o Attack até continua a ser o seu stat mais alto.


    _________________


    Friend Code 3DS XL (principal) | 4081-5670-1330
    Friend Code 3DS (secundária) | 1907-9133-8595
    Nintendo Network ID Wii U | BAlvez

    lobito180
    Mewtwo

    Mensagens : 5234
    Reputação : 21
    Data de inscrição : 20/01/2012
    Idade : 21

    Re: Pokémon Diamond Version & Pearl Version (NDS)

    Mensagem por lobito180 em 7/3/2014, 23:30

    Bem, concordo completamente com a análise. Achei um jogo um bocado chato. Demorei a entrar nesta geração. Quando entrei foram só maravilhas, mas depois quando comecei a olhar para as coisas de maneira crítica, cheguei à conclusão de que não era bem assim.
    Já tinha dito diversas vezes que a 3ª geração é das que menos me agrada, mas esta consegue ser ainda pior. Passei as 3 primeiras gerações diversas vezes, mas esta passei uma vez e chegou! Razz

    BAlvez
    Mewtwo

    Mensagens : 6024
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 30/12/2011
    Idade : 24
    Localização : Vila Nova de Gaia

    Re: Pokémon Diamond Version & Pearl Version (NDS)

    Mensagem por BAlvez em 8/3/2014, 00:08

    lobito180 escreveu:Bem, concordo completamente com a análise. Achei um jogo um bocado chato. Demorei a entrar nesta geração. Quando entrei foram só maravilhas, mas depois quando comecei a olhar para as coisas de maneira crítica, cheguei à conclusão de que não era bem assim.
    Já tinha dito diversas vezes que a 3ª geração é das que menos me agrada, mas esta consegue ser ainda pior. Passei as 3 primeiras gerações diversas vezes, mas esta passei uma vez e chegou! Razz

    Também concordo contigo, na altura que comprei a minha versão Pearl e Diamond foi quando tive a minha DS Lite e joguei esses jogos com grande entusiasmo, mas depressa voltei a pegar nos jogos do Game Boy e continuei a jogar mais esses que os da DS, volta e meia lá pegava na minha versão Diamond onde procurava expandir a minha colecção com trocas além fronteiras mas fora isso era coisa que não procurava muito jogar.
    Eu gostei dos jogos mas existia qualquer coisa que me fazia afastar, depois conheci o Pokémon Platinum e comecei a ver esta geração de outros olhos pois esta versão destacava-se de alguma forma dos originais, depois digo o porquê xD


    _________________


    Friend Code 3DS XL (principal) | 4081-5670-1330
    Friend Code 3DS (secundária) | 1907-9133-8595
    Nintendo Network ID Wii U | BAlvez

    lobito180
    Mewtwo

    Mensagens : 5234
    Reputação : 21
    Data de inscrição : 20/01/2012
    Idade : 21

    Re: Pokémon Diamond Version & Pearl Version (NDS)

    Mensagem por lobito180 em 8/3/2014, 11:46

    Pois, eu não joguei essa versão, então estou à espera da análise! xD

    BAlvez
    Mewtwo

    Mensagens : 6024
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 30/12/2011
    Idade : 24
    Localização : Vila Nova de Gaia

    Re: Pokémon Diamond Version & Pearl Version (NDS)

    Mensagem por BAlvez em 8/3/2014, 21:10

    lobito180 escreveu:Pois, eu não joguei essa versão, então estou à espera da análise! xD

    Essa vai demorar mais do que estava à espera, já tinha desenvolvido uma boa parte mas hoje apareceu-me no PC um vírus conhecido como "Ransomware" ou "Ukash" que me obrigou a formatar a máquina (serious shit!), por causa disso perdi o que já tinha escrito pois estava numa aplicação do meu Browser. Tenho de ganhar vontade para voltar a escrever isso xD


    _________________


    Friend Code 3DS XL (principal) | 4081-5670-1330
    Friend Code 3DS (secundária) | 1907-9133-8595
    Nintendo Network ID Wii U | BAlvez

    Conteúdo patrocinado

    Re: Pokémon Diamond Version & Pearl Version (NDS)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 18:14


      Data/hora atual: 7/12/2016, 18:14