Comunidade de Pokémon e Videojogos no geral!

Login

Esqueci minha senha

Dezembro 2016

DomSegTerQuaQuiSexSab
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Calendário Calendário

Parceiros

Fate4Anime
PokéFórum-PT

    Persona 4 Golden (Vita)

    Compartilhe

    lobito180
    Mewtwo

    Mensagens : 5234
    Reputação : 21
    Data de inscrição : 20/01/2012
    Idade : 21

    Persona 4 Golden (Vita)

    Mensagem por lobito180 em 9/3/2014, 14:55


    A série Shin Megami Tensei sempre foi uma série de JRPG bastante hardcore.
    Digo isto porque nem todos os jogos foram lançados em inglês, e os que eram, não tinham o impacto que tinha um Final Fantasy VII, por exemplo.
    A série começou na Famicom (NES), e daí foram saindo diversos spin-offs, entre os quais se encontra a série Persona.
    Mas mesmo Persona nunca foi muito conhecido. Na primeira Playstation, saiu o primeiro, sob o título Revelations: Persona, e Eternal Punishment, o segundo Persona 2, que saiu em duas partes. Estes dois jogos tiveram diversas alterações (algo que era bem comum na época), e acabaram por não se tornar grandes sucessos, mas sempre tiveram uma base de fãs.
    Nenhum destes saiu na Europa. A única maneira de os jogar, sem ser importar é ao remake na PSP do primeiro Persona, e também temos o primeiro Persona 2, também na PSP.
    Em 2006 saiu no Japão o Persona 3 para a PlayStation 2. Este jogo, que viria a chegar à Europa apenas em Fevereiro de 2008 (note-se que a PS3 já tinha saído quase há um ano) e este jogo conseguiu um pouco mais de atenção do que os seus antecessores. O jogo era mais bonito, tinha gráficos bem melhores, cenas em anime e muito mais, mas acabou por ter algumas controvérsias (como o facto de os personagens dispararem uma arma à cabeça para invocarem os seus personas). Mesmo assim, tornou a série Shin Megami Tensei, e a série Persona em particular, um pouco mais conhecidas.
    Depois deste, veio Persona 4. Um jogo que saiu no Japão em 2008, e na Europa em Março de 2009, ainda na PS2.

    Passando agora a Persona 4 Golden, o port para a PS Vita.
    Foi lançando em 2012 no Japão e na América, mas na Europa só chegou em Fevereiro de 2013, sendo que em Portugal só está disponível na PS Store.
    Em Persona 4 Golden, jogamos no papel de um rapaz que vivia na grande cidade e teve de se mudar para casa do seu tio em Inaba, uma cidade rural, durante um ano.
    Quando chegamos, Dojima e Nanako (o tio e a sua filha) vão receber-nos à estação e pelo caminho paramos numa bomba de combustível. Enquanto esperamos pela Nanako que foi à casa de banho, uma rapariga que trabalha na bomba vem dar-nos as boas vindas a Inaba, e diz-nos que para um rapaz da cidade, Inaba é um lugar muito chato, sem nada para se fazer.
    Quando chegamos a casa, é nos mostrado o nosso quarto, onde poderemos fazer diversas coisas, e depois vamos dormir porque no dia seguinte começa a escola.
    Na escola conhecemos alguns colegas, nomeadamente Yosuke Hanamura, Chie Satonaka e Yukiko Amagi. Ouve-se então um tal rumor de que nos dias em que chove, à meia-noite, a televisão liga-se sozinha, e aparece nela o rosto da vossa cara-metade. Chamam a isto o Midnight Channel.
    Não é dada grande importância por se tratar apenas disso, um rumor, mas algumas pessoas começam a dizer que viram o rosto de uma apresentadora de TV, Mayumi Amano.
    Acontece que quando estão a ir para casa, o protagonista e os seus amigos vêm um grande aparato policial, e é-nos então revelada a causa disso: um corpo está pendurado nos postes de eletricidade, e esse corpo pertence a Mayumi Amano.
    Mas quem teria feito tal coisa? Porquê? O grupo tenta encontrar respostas enquanto surge o novo rumor de que desta vez, aparece no Midnight Channel uma tal de Saki Konishi, uma aluna da escola deles. Aconteceu que Hanamura gosta desta aluna do 3º ano, e acha que aqueles rumores servem apenas para denegrir a sua imagem.
    Numa noite, quando o personagem está no seu quarto, à meia-noite de e está a chover, a televisão liga-se sozinha e nela vê-se uma imagem cheia de cortes onde aparece uma rapariga. Ao ver isto, o protagonista toca no ecrã da televisão e vê que o seu braço entrou dentro da televisão! Ao ver que não teria espaço para entrar, puxou o seu braço e consegui livrar-se da televisão.
    Ao contar a sua experiência ao Hanamura e à Chie, eles acham que ele estava a sonhar, mas ao insistir que é verdade, o Hanamura leva-nos à Junes, o centro comercial do qual o seu pai está encarregue e, na secção de eletrónica, mostra-mos que é verdade , ao ver que vêm uns clientes na nossa direção, o Hnaramura e a Chie ficam sem saber o que fazer e numa tentativa de arranjar uma solução, todos caem para dentro da televisão.
    Acabam por entrar num estranho mundo e acabam por ir parar a um quarto cheio de posters rasgados da apresentadora Mayumi Yamano. Ao ver que ali não encontravam uma saída, resolvem irem para o ponto inicial. Aí aparece uma estranha criatura, Teddie, que lhes pergunta quem são, e o que estão a fazer ali, mas nem mesmo eles sabem isso, então o urso acaba por fazer aparecer umas televisões por onde eles podem sair daquele mundo, voltando à Junes.
    No dia seguinte descobrem o pior, Saki Konishi foi encontrada morta da mesma maneira que a apresentadora. Ao saber desta notícia, Yosuke fica destroçado e promete descobrir quem é o responsável por tudo aquilo, e lembra-se de ir perguntar ao Teddie se sabe de alguma coisa.
    Teddie diz-nos que alguém anda a levar pessoas para aquele mundo e que os pode levar ao lugar onde a última pessoa (Saki) esteve, mas avisa-os de que não os vai poder defender das Shadows, misteriosas criaturas que habitam aquele mundo. Ao chegarmos ao local, aprecem uma Shadows, e o nosso personagem invoca pela primeira vez o seu persona, Izanagi.
    Depois de revistarem o local, aparece uma pessoa idêntica a Yosuke, mas com uma personalidade completamente oposta. Vimos a saber que esta é a Shadow do Yosuke, uma manifestação física dos seus sentimentos reprimidos. Ao derrotá-la, Yosuke ganha a habilidade de invocar também o seu persona, e é aqui que começa a parte interessante do jogo.
    Para resumir um pouco, algum tempo depois Yukiko é raptada e o Hanamura, a Chie e o protagonista vão em busca dela, descobre os sentimentos ocultos da Chie, e mais à frente os da Yukiko, sendo que as duas ganham também a habilidade de invocar personas.
    Estes quatro juntam-se então para descobrir quem é o culpado do rapto das pessoas e por um fim a tudo isto.
    E se isto vos parece muito, posso dizer-vos que não é praticamente nada.

    Passando à mecânicas de jogo.
    Este jogo tem duas grandes vertentes. A de dungeon crawler, onde levamos a nossa equipa e percorremos masmorras em busca das pessoas raptadas, enfrentando Shadows pelo caminho, e a vertente social, em que cumprimos os nossos deveres sociais, como ir à escola, sair com os amigos, estudar, praticar hobbies, etc.
    Enquanto percorremos as masmorras, o jogo passa-se como um típico JRPG, sendo que neste os combates não são aleatórios. As Shadows, estão visíveis e existem três maneiras de começar o combate.
    Se as atacar-mos pelas costas, começamos com vantagem, e temos um "turno de borla" em que atacamos todos e só depois entram em conta os aspetos que determinam a ordem de ataque. Se atacarmos de frente, saltamos este turno e a batalha ocorre na normalidade. Se formos nós os atacados, os adversários têm o tal turnos extra.
    As batalhas em P4G são algo dinâmicas. Quando vamos jogar temos diversas alternativas. Podemos atacar com a arma equipada, atacar com o Persona, defender, usar um item, analisar os inimigos e fugir, sendo que o personagem principal tem ainda a habilidade de mudar de Persona (uma vez por turno).
    O ataque normal não gasta nem HP nem SP, já os ataques com Persona podem custar tanto um ou outro, dependente do ataque. Analisar os inimigos serve para vermos as suas fraquezas, uma coisa que fica registada sempre que testamos um certo ataque num inimigo.
    Existem também diversos tipos de ataque: Ataque Físico, Gelo, Fogo, Eletricidade, Vento, Luz, Escuridão e Almighty. Cada inimigo tem as suas fraquezas e resistências, ou ainda a habilidade de recuperar HP com alguns ataques, sendo que Almighty é o único ataque que não explora fraquezas nem resistências.
    Alguns ataques servem ainda para aumentar/diminuir o ataque, defesa, chance de acerto/evasão, envenenar, silenciar (faz com que não se possa usar o Persona), enervar (faz com que não possamos controlar o personagem), meter medo (faz com que haja uma probabilidade de não podermos usar o personagem num turno), e mais alguns outros.
    Mas o que dá um ar mesmo dinâmico às batalhas é o facto de, ao conseguirmos um ataque crítico, ou explorarmos uma fraqueza de um adversário, este fica caído, o que nos garante um novo ataque com o mesmo personagem. Se optarmos por atacar o mesmo adversário, este poderá ficar desmaiado temporariamente, sendo que não ataca no seu próximo turno (se apenas ficar caído, vai-se levantar e atacar na sua vez), e se tivermos a sorte de conseguir fazer cair todos os adversários, temos a oportunidade de usar um All-Out Attack, em que os personagens em luta se juntam todos (se estiverem em condições disso) e atacam todos juntos. Isto também se aplica aos inimigos, ou seja, se nos explorarem a fraqueza ou conseguirem um ataque crítico os nossos personagens também vão cair, etc.
    Existem ainda alguns personagens que se juntam e fazem um ataque juntos e isto acontece aleatoriamente.

    Durante a exploração das dungeons vamos também encontrar baús que podem conter itens valiosos ou Shadows. Existem ainda baús dourados que só podem ser abertos com Chest Keys, que são obtidas através do Shuffle Time.
    Este Shuffle Time é uma coisa que acontece no fim das batalhas (nem sempre), onde aparecem diversas cartas e podemos escolher a que quisermos. Estas cartas podem ser Chest Keys, Experiência adicional, uma pequena recuperação de HP/SP, Skill Cards (que funcionam um pouco como um TM/HM em Pokémon), Dinheiro extra, ou novos Personas. Existem ainda cartas que nos dão a oportunidade de escolhermos mais do que uma carta, mas a um preço, seja ele receber apenas metade da experiência/dinheiro ou até mesmo não receber nada e outras servem para aumentar os atributos do persona equipado. Algumas servem para mudar uma carta para um Persona, e outras não têm nenhum efeito. Ao conseguirmos tirar todas as cartas, conseguimos um bónus: na próxima batalha é garantido que vamos conseguir um Shuffle Time, e podemos escolher logo três cartas.

    Voltando ainda à exploração das masmorras, um grande melhoramento que este jogo tem em relação ao Persona 3 é um item chamado Goho-M. Com ele podemos voltar à entrada, sabendo que quando voltarmos à dungeon temos a hipótese de começar no último andar explorado (no Persona 3 existiam "checkpoins espalhados, uns que permitiam voltar a eles e outros que apenas serviam para voltar à entrada, o que tornava as dungeons mais chatas de percorrer).

    Mas sendo este um jogo que se chama "Persona", devem-se estar a perguntar porque é que pouco falei deles. Todos os personagens têm um único persona, menos o protagonista que tem a oportunidade de trocar e armazenar mais do que um.
    Quando fazemos batalhas, tanto o personagem com o seu persona recebem experiência. Ao subir de nível, os atributos (ataque, defesa, etc) do persona aumentam e este pode ganhar novos ataques, sendo que se pode ter no máximo 8 ataques.
    Cada persona tem um Arcana, que acaba por funcionar como os Types em Pokémon.
    Para ganhar novos personas temos duas hipóteses, nos Shuffle Times como já disse, ou através da fusão de personas, coisa que pode ser feita na Velvet Room. A Velvet Room é uma dimensão paralela onde o personagem vai diversas vezes no decorrer da história, e onde podemos ir fazer diversas coisas.
    Com Igor, podemos fundir personas, dando origem a personas mais fortes (ou não). Estas fusões são importantes porque é graças a elas que conseguimos personas "à nossa maneira". Durante as fusões poderemos por vezes escolher que ataques dos personas fundidos o novo persona vai ter, o que ajuda nas diversas necessidades que vamos tendo ao longo da aventura.
    Com a Marie (uma personagem exclusiva desta versão), podemos registar Skill Cards, e mais tarde comprar novas cartas que precisemos.
    Com a Margaret, podemos registar personas que depois ficam disponíveis para compra caso precisemos deles para uma fusão. E com ela podemos ainda gerir uma das funcionalidades online do jogo, mas falarei disso mais à frente.

    Passemos agora à parte social do jogo.
    Antes de mais, o nosso personagem tem os seguintes atributos:
    Knowledge
    Understanding
    Courage
    Diligence
    Experssion
    Cada uma aumenta de maneira diferente, e cada uma dá-nos novas hipóteses ao longo do jogo.

    Como aluno, temos de ir à escola. É algo obrigatório.
    Durante as aulas podem fazer-nos perguntas que, caso acertemos, nos dão pontos de Knowledge.
    Ao ler livros, vamos conseguir aumentar alguns atributos (que dependem de livro para livro).
    Ao trabalhar em part-time, também vamos conseguir aumentar alguns atributos (uma vez mais, depende do trabalho). Existem diversos trabalhos, e podemos ter mais do que um a mesmo tempo, o que facilita tudo. Os primeiros trabalhos não têm quaisquer pré-requisitos, mas alguns mais avançados pedem uma certa Diligence, ou Knowledge e só aí poderemos começá-los.
    Alguns trabalhos levam-nos a novo Social Links. Mas o que são Social Links?
    Estes laços sociais são as nossas relações com as diversas personagens que vamos conhecendo. Quando acabamos a escola, podemos decidir passar tempo com quem queiramos, seja um colega de turma, se um membro do mesmo clube escolar, ou alguém que conheçamos num trabalho. Este tempo passado com as pessoas vai fazer com que a nossa relação vá ficando mais forte, sendo que existem 10 níveis.
    Cada Social Link está ligado a um arcana específico, então cada vez que formos fundir um persona desse arcana, a persona formado irá receber experiência extra consoante o nível do Social Link respetivo.
    Quando a personagem é do sexo feminino, temos a hipótese de passar a ter ma relação romântica com elas, sendo que podemos ter tantas quanto queiramos.
    Se a personagem for do grupo que está a resolver o crime (ou seja, se tiver um persona), à medida que vão subindo de nível podem aprender novos ataques ou habilidades (como ficar com 1 ponto de HP quando sofre um ataque com o qual iria morrer) e quando o Social Link chegar a nível 10, o seu persona irá evoluir para uma forma mais forte.

    Além dos atributos e dos Social Links, temos ainda a possibilidade de pescar, plantar vegetais, caçar insetos e quando tirarmos a licença de mota(outra novidade desta versão) podemos explorar a região, acabando por descobrir duas novas localidades, a praia e Okina City. Em Okina City podemos ir a um café onde ao bebermos um café ganhamos uma Skill Card (cada persona tem uma pré-definida), podemos comprar fatos numa loja de roupa (que depois serão usados nas dungeons) e podemos ainda convidar alguém para vir ao cinema connosco, coisa que irá resultar em melhoramentos no persona do personagem em causa.
    Existem ainda Side-Quests que nos levam a procurar itens nas dungeons (ao derrotar Shadows elas deixam cair diversos materiais) ou falar com outras pessoas, tendo como recompensa alguns itens que poderão dar jeito.
    Existe ainda um local que vai ser bastante frequentado por nós, a loja de armas. Quando vamos lá e vendemos os materiais que recolhemos nas dungeons, o homem cria novas armas, armaduras e acessórios que ficam depois disponíveis para compra.

    Graficamente o jogo está bom.
    Os cenários têm algumas falhas (algumas objetos parecem feitos no paint e as "linhas" de contornos ficam um pouco pixelizadas de mais), mas os modelos dos personagens estão bons (nada de excelente, mas tendo em conta a dimensão do jogo, parece-me bem).
    As diversas dungeons têm ares bastante variados, e dão-nos uma sensação de progressão que não teríamos de outra maneira (afinal o jogo passa-se sempre em Inaba, e não nos leva numa grande viajem como, por exemplo, um Final Fantasy).
    Os desenhos dos personagens que aparecem durante as falas estão bastante detalhados, mas alguns personagens podiam ter mais uma ou duas imagens com diferentes expressões.
    As cenas em anime estão boas, para um jogo. Mas a adaptação está bem melhor, neste aspecto.

    Em termos sonoros os jogo é excelente.
    Os efeitos sonoros estão bons, tanto no som dos ataques físicos como elementais.
    Esta nova versão tem algumas vozes diferente do jogo da PS2, mas como não conheço as outras não posso comparar. Eu gostei bastante da maioria das vozes. Acho que se encaixam bem nos personagens, e a única coisa que não me soava bem eram os personagens a dizer palavras ou nomes japoneses com aquele sotaque americano. Palavras como "san", "kun", etc não ficam muito bem, e os nomes também ficavam estranhos.
    Outra coisa que tenho a apontar é a falta da opção de colocar as vozes originais.
    A banda sonora é muito boa. As músicas do dia-a-dia são bem mexidas e ficam no ouvido. As músicas são as da versão original, e são todas em inglês (à exceção de uma), e não engrish, como seria de esperar de uma cantora japonesa.

    O jogo tem umas funcionalidades online. Quando estamos a jogar, aparece um ícone num dos cantos onde ao pressionarmos, mostra as últimas escolhas feitas por jogadores de todo o mundo, algo que me fez lembrar Catherine na PS3, mas mais mal organizada neste jogo.
    Quando estamos a explorar uma masmorra, podemos ainda mandar um pedido de SOS, que nos dará vida ou um Goho-M.

    À medida que vamos passando o jogo, vamos desbloqueando diversos extras. Eles vão desde anúncios aos outros jogos de Persona, 6 vídeos de concertos dedicados a Persona 3 e 4 (com as músicas cantadas ao vivo), "palestras" sobre Shadows e sobre o mundo em geral, desbloqueamos também algumas músicas para ouvir quando queiramos, e as cenas em anime ficam também disponíveis para rever.



    Gráficos - 8 - Podiam ter melhorado um pouco os cenários, porque ver um linha toda pixelizada não é muito bonito.
    Jogabilidade - 9.5 - A liberdade é imensa, mas primeiro que o jogo "comece a sério", poderão achar meio chato. Daí não ter dado um 10.
    Som - 9 - Tirando o facto de não ter as vozes originais e as palavras japonesas com sotaque americano, o som é soberbo.
    Longevidade - 10 - O meu playtrough tem 68 horas marcadas, mas ainda repeti algumas lutas nas quais saltei as cutscenes, portanto ronda as 75 horas. Ainda fiquei com quests por concluir e não consegui o True Ending, o Epílogo, nem tive acesso ao uma dungeon liberada através de um Social Link. O New Game+ também tem opções novas, sendo que a longevidade é mais do que grande.
    Dificuldade 9 - Joguei o jogo em normal e não tive grandes dificuldades na maioria do jogo. Repeti umas três ou quatro lutas de bosses, e não consegui vencer o boss que dá acesso ao True Ending porque não me tinha preparado atempadamente, mas o jogo é acessível para quem está minimamente habituado ao género.
    Nota Final: 9
    Persona 4 Golden é um exemplo de que os JRPGs não estão mortos.
    Já há muito tempo que um jogo não me fazia ficar tão colado a uma consola (não joguei mais nada enquanto joguei este jogo). A história é intrigante, cómica e dramática nos tempos certos, a jogabilidade é boa, o som é excelente, apenas os gráficos podiam ter sido um pouco mais trabalhados.
    Um dos melhores jogos que já joguei numa portátil até hoje.

    Espero que tenham gostado da análise! E que tenham tido paciência de ler tudo!

    BAlvez
    Mewtwo

    Mensagens : 6024
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 30/12/2011
    Idade : 24
    Localização : Vila Nova de Gaia

    Re: Persona 4 Golden (Vita)

    Mensagem por BAlvez em 9/3/2014, 22:54

    Ó lobito, acho que bateste o recorde da minha maior análise xD

    Sobre esta tua análise, gostei bastante do conteúdo e de ler a tua crítica face aos aspectos técnicos do jogo, mas a introdução à história foi um pouco chato de ler. Eu sei que essa é uma fase chata de um artigo de opinião mas aquilo que escrevias em 8 frases podias escrever num pequeno parágrafo e de forma continuada com ou sem pequenas pausas, senão o interesse do leitor ao ler não é o maior pois. Está. A. Ler. Um. Artigo. Assim. Entendes o que quero dizer?
    Fora isso:



    Uma pequena questão, nos jogos anteriores da série os nossos companheiros não podiam alternar as suas Personas e fundi-las com outras não podiam?


    _________________


    Friend Code 3DS XL (principal) | 4081-5670-1330
    Friend Code 3DS (secundária) | 1907-9133-8595
    Nintendo Network ID Wii U | BAlvez

    Chuck
    Suicune

    Mensagens : 3474
    Reputação : 19
    Data de inscrição : 30/12/2011

    Re: Persona 4 Golden (Vita)

    Mensagem por Chuck em 9/3/2014, 23:09

    Ainda não li, amanhã trato disso, só quero deixar aqui um obrigado pela análise que deve ter dado grande trabalho Wink


    _________________


    lobito180
    Mewtwo

    Mensagens : 5234
    Reputação : 21
    Data de inscrição : 20/01/2012
    Idade : 21

    Re: Persona 4 Golden (Vita)

    Mensagem por lobito180 em 10/3/2014, 00:45

    @BAlvez, é realmente a parte mais chata de se escrever e sou bem capaz de alterar isso num futuro próximo. Em relação à tua pergunta, tirando este, só joguei o remake do primeiro e o 3, sendo que apenas no primeiro todos os personagens podiam ter diversos personas.
    @Chuck, obrigado. Deu algum trabalho sim, mas gostei bastante do jogo e isto fez-se bem! XD

    BAlvez
    Mewtwo

    Mensagens : 6024
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 30/12/2011
    Idade : 24
    Localização : Vila Nova de Gaia

    Re: Persona 4 Golden (Vita)

    Mensagem por BAlvez em 10/3/2014, 12:17

    Obrigado pela resposta lobito, não sabia que esse sistema de uma só Persona por cada companheiro já existia antes deste 4, como sabes o jogo onde tenho melhores conhecimentos é o 1º da série xD


    _________________


    Friend Code 3DS XL (principal) | 4081-5670-1330
    Friend Code 3DS (secundária) | 1907-9133-8595
    Nintendo Network ID Wii U | BAlvez

    lobito180
    Mewtwo

    Mensagens : 5234
    Reputação : 21
    Data de inscrição : 20/01/2012
    Idade : 21

    Re: Persona 4 Golden (Vita)

    Mensagem por lobito180 em 10/3/2014, 12:48

    Pois, eu tirando esse e este também não conheço muito mais. Joguei umas horas do 3, mas o sistema de progressão nas dungeons faz com que tenha de fazer sessões de jogo maiores, coisa que na altura não me dava tanto jeito. Já este, com a adição do novo item ajuda imenso, e o facto de estar numa portátil faz com que seja mais fácil pegar no jogo e jogar sessões tanto grandes como pequenas (afinal sempre se pode deixar a consola a hibernar, o que é excelente).

    BAlvez
    Mewtwo

    Mensagens : 6024
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 30/12/2011
    Idade : 24
    Localização : Vila Nova de Gaia

    Re: Persona 4 Golden (Vita)

    Mensagem por BAlvez em 10/3/2014, 13:49

    lobito180 escreveu:Pois, eu tirando esse e este também não conheço muito mais. Joguei umas horas do 3, mas o sistema de progressão nas dungeons faz com que tenha de fazer sessões de jogo maiores, coisa que na altura não me dava tanto jeito. Já este, com a adição do novo item ajuda imenso, e o facto de estar numa portátil faz com que seja mais fácil pegar no jogo e jogar sessões tanto grandes como pequenas (afinal sempre se pode deixar a consola a hibernar, o que é excelente).

    Pois é, dessa forma a experiência consegue ser melhor, a versão PS2 consegue ser um pouco maçadora nesse sentido e acaba por afastar muita gente, especialmente para a altura em que foi lançado pois foi o início da era negra dos JRPG's.
    Por isso este Persona 4 Golden é dos poucos jogos que até me fazem desejar por uma Vita.


    _________________


    Friend Code 3DS XL (principal) | 4081-5670-1330
    Friend Code 3DS (secundária) | 1907-9133-8595
    Nintendo Network ID Wii U | BAlvez

    lobito180
    Mewtwo

    Mensagens : 5234
    Reputação : 21
    Data de inscrição : 20/01/2012
    Idade : 21

    Re: Persona 4 Golden (Vita)

    Mensagem por lobito180 em 10/3/2014, 16:10

    Mas a versão PS2 do Persona 4 não tem este sistema? Eu sei que o P3 não tem, mas nunca joguei o 4 na PS2...

    BAlvez
    Mewtwo

    Mensagens : 6024
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 30/12/2011
    Idade : 24
    Localização : Vila Nova de Gaia

    Re: Persona 4 Golden (Vita)

    Mensagem por BAlvez em 10/3/2014, 16:29

    lobito180 escreveu:Mas a versão PS2 do Persona 4 não tem este sistema? Eu sei que o P3 não tem, mas nunca joguei o 4 na PS2...

    Do que joguei não vi Goho-M algum, joguei por jogar por isso não sei se existe ou não xD
    Mas eu referia-me essencialmente ao facto do jogo estar numa portátil pois é mais cómodo jogar um jogo do género assim que numa consola doméstica pois podes sentir-te farto e colocas a hibernar, numa doméstica precisas de gravar o jogo e desligar a consola, isto generalizando pois eu próprio prefiro jogar RPG numa portátil.


    _________________


    Friend Code 3DS XL (principal) | 4081-5670-1330
    Friend Code 3DS (secundária) | 1907-9133-8595
    Nintendo Network ID Wii U | BAlvez

    lobito180
    Mewtwo

    Mensagens : 5234
    Reputação : 21
    Data de inscrição : 20/01/2012
    Idade : 21

    Re: Persona 4 Golden (Vita)

    Mensagem por lobito180 em 10/3/2014, 18:50

    Para ver se o Goho-M existe basta ires à loja do distrito comercial e ver se há para venda. Já agora vê isso caso possas, agora fiquei com curiosidade! XD

    BAlvez
    Mewtwo

    Mensagens : 6024
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 30/12/2011
    Idade : 24
    Localização : Vila Nova de Gaia

    Re: Persona 4 Golden (Vita)

    Mensagem por BAlvez em 10/3/2014, 20:56

    lobito180 escreveu:Para ver se o Goho-M existe basta ires à loja do distrito comercial e ver se há para venda. Já agora vê isso caso possas, agora fiquei com curiosidade! XD

    Está explicado, eu não vi nada disso e de facto existe esse item na versão PS2 xD


    _________________


    Friend Code 3DS XL (principal) | 4081-5670-1330
    Friend Code 3DS (secundária) | 1907-9133-8595
    Nintendo Network ID Wii U | BAlvez

    lobito180
    Mewtwo

    Mensagens : 5234
    Reputação : 21
    Data de inscrição : 20/01/2012
    Idade : 21

    Re: Persona 4 Golden (Vita)

    Mensagem por lobito180 em 10/3/2014, 21:02

    Mystery Solved! Smile

    Chuck
    Suicune

    Mensagens : 3474
    Reputação : 19
    Data de inscrição : 30/12/2011

    Re: Persona 4 Golden (Vita)

    Mensagem por Chuck em 11/3/2014, 17:36

    Acabei de ler agora e tenho os olhos todos f...lixados, este contraste letra pequenas brancas com o preto de fundo trocam-me todo XD

    Passando ao que realmente interessa, a análise está muito boa, gostei bastante de ler e deu-me ainda mais vontade de jogar o jogo...

    Já comecei hoje a análise ao Ni No Kuni (sim, podem esperar uma análise à maneira ao jogo assim que o acabe) para adiantar trabalho à medida que vou jogando o jogo e achei "piada" ao facto de ter escrito mesmo parecido no que toca às mecânicas do jogo (especialmente na parte do combate), visto que nesse aspecto os jogos são realmente semelhantes XD


    Mais uma vez o meu obrigado pela trabalho e parabéns pela análise que está realmente muito boa Wink


    _________________


    lobito180
    Mewtwo

    Mensagens : 5234
    Reputação : 21
    Data de inscrição : 20/01/2012
    Idade : 21

    Re: Persona 4 Golden (Vita)

    Mensagem por lobito180 em 11/3/2014, 21:07

    Chuck escreveu:Acabei de ler agora e tenho os olhos todos f...lixados, este contraste letra pequenas brancas com o preto de fundo trocam-me todo  XD

    Passando ao que realmente interessa, a análise está muito boa, gostei bastante de ler e deu-me ainda mais vontade de jogar o jogo...

    Já comecei hoje a análise ao Ni No Kuni (sim, podem esperar uma análise à maneira ao jogo assim que o acabe) para adiantar trabalho à medida que vou jogando o jogo e achei "piada" ao facto de ter escrito mesmo parecido no que toca às mecânicas do jogo (especialmente na parte do combate), visto que nesse aspecto os jogos são realmente semelhantes  XD


    Mais uma vez o meu obrigado pela trabalho e parabéns pela análise que está realmente muito boa  Wink

    Obrigado eu pelo teu comentário!
    E fico à espera dessa análise ao Ni no Kuni! Wink

    Conteúdo patrocinado

    Re: Persona 4 Golden (Vita)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 02:23


      Data/hora atual: 3/12/2016, 02:23