Comunidade de Pokémon e Videojogos no geral!

Login

Esqueci minha senha

Dezembro 2016

DomSegTerQuaQuiSexSab
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Calendário Calendário

Parceiros

Fate4Anime
PokéFórum-PT

    Pokémon Platinum Version (NDS)

    Compartilhe

    BAlvez
    Mewtwo

    Mensagens : 6024
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 30/12/2011
    Idade : 24
    Localização : Vila Nova de Gaia

    Pokémon Platinum Version (NDS)

    Mensagem por BAlvez em 31/3/2014, 12:54


    Versão testada: -----------

    Embora Pokémon Diamond e Pearl tenham recebido boas avaliações pelos críticos de videojogos, muitos dos fãs da série não estavam propriamente satisfeitos com estas novas entregas pois a acessibilidade aos novos Pokémons não era a melhor e a longo prazo os jogos tornavam-se algo aborrecidos. Como tem sido habitual, a Game Freak procura lançar uma terceira versão de cada conjunto de jogos para que seja a “versão definitiva” dessa geração e esta nova não foi excepção. Em Maio de 2008 foi revelado ao público japonês o Pokémon Platinum em Setembro lançado, em Março de 2009 foi a vez de os americanos receberem este jogo, em Maio os europeus, australianos e em Julho os sul-coreanos. Será que Pokémon Platinum seria aquele jogo que conseguia agradar inteiramente aos fãs? Eu podia já dar a resposta, mas antes precisamos de falar do argumento pois embora siga a estrutura dos originais, tem características que se diferenciam.

    Desta vez vemos na TV a notícia que o Professor Rowan voltou a Sinnoh após uma viagem a Kanto assim que iniciamos a nossa aventura, e mal a notícia termine o nosso amigo e rival invade o nosso quarto a incentiva-nos a procurar pelo homem na esperança do homem nos oferecer um Pokémon pois ele deve de ter muitos tendo em conta a sua profissão. Convenientemente, Rowan aparece juntamente com o seu assistente assim que tentamos calcar as ervas altas da Route 201, e ao saber do nosso desejo, ele oferece-nos um dos Pokémons iniciais da região à nossa escolha e pede para ir a Sandgem Town visitar o seu laboratório pois precisa de falar connosco. Depois de alguns acontecimentos, eventualmente acabaremos por ir ao encontro do professor e este pede-nos para registar todos os Pokémons que vivem em Sinnoh na sua versão da Pokédex, mas como é habitual também temos a ambição de ser reconhecido como o melhor treinador de Pokémon da região e para isso é preciso vencer a Liga Pokémon.
    Mas nesta nova versão os acontecimentos que envolvem a Team Galactic ocorrem de uma forma diferente e mais envolvente pois aqui o objectivo deles é outro, antes procuravam recriar o universo à sua imagem utilizando um dos Pokémons ancestrais mas agora procuram controlar tanto Dialga como Palkia para utilizar os seus poderes do espaço e do tempo para criar um novo mundo sem alma. Também foram introduzidas novas personagens e aquela que merece maior destaque é Looker, nome de código para um detective da Polícia Internacional que está a investigar os Galactic pois acredita que problemas bem sérios podem acontecer se os deixarmos à vontade, isto aqui não só marca a diferença na forma de contar a história como também dá algum fundamento e credibilidade aos objectivos desta organização pois na minha opinião, em Diamond e Pearl dava a sensação de estar a combater um grupo de sonhadores que poucos lhes dão relevância. Mas a história deste novo jogo não é tão séria como eu posso estar a dar a entender, os Grunts continuam hilariantes e proporcionam momentos de descontracção.

    Agora falando mesmo do jogo, uma das maiores críticas que se podia fazer aos jogos anteriores era a fraca Pokédex e Pokémons disponíveis de encontrar ao longo da nossa aventura, felizmente a versão Platinum corrige isso por inteiro. Agora existem 210 espécies disponíveis que não só incluem todos os novos Pokémons desta geração como também outras espécies para colmatar a lacuna em alguns tipos, de salientar a família Houndour que está presente para alargar o leque de opções de Pokémons de fogo. Para além disso, todos os líderes de ginásio e Elite 4 apenas têm Pokémons que correspondem ao tipo de sua especialidade, até mesmo a Champion tem uma nova adição à equipa, assim a Liga de Pokémon de Sinnoh começa por fim a ter sentido. Só esta nova Pokédex melhorou imenso a experiência quando comparado aos originais da 4ª geração, pela primeira vez na série mudaram a estrutura dos Pokémons que podemos encontrar numa terceira versão dos mesmos jogos e foi um trabalho notável por reconhecerem os erros anteriores.
    Por falar em corrigir erros, o Amity Square agora está muito mais acessível pois qualquer Pokémon inicial (evoluído ou não) pode acompanhar-nos e não é necessário uma criatura específica para tirar proveito desta funcionalidade bastante importante para os dedicados aos Contests. Para além disso, o Pokétch agora tem dois botões, um para mudar para a aplicação seguinte e o outro para a aplicação anterior, um simples botão melhorou a interface deste aparelho, é pena que as aplicações não tenham sido alvo de melhorias (especialmente o Itemfinder).
    Mas novidades mais sonantes só mesmo depois de vencer a liga Pokémon e na Battle Zone, agora existe um restaurante na Survival Area chamado de Battleground que após concluir uma missão secundária na Stark Mountain (que envolve a Team Galactic), um dos responsáveis pelo espaço reconhece-nos como um bom treinador e permite-nos usar o mesmo espaço que os líderes de ginásio e outros treinadores respeitados costumam frequentar. Apenas quatro treinadores visitam esse local em simultâneo e podemos desafia-los uma vez por dia, mas no dia seguinte aparecem outras personagens e podemos voltar a desafia-las (mesmo que sejam as que estiveram no dia anterior). Esta é uma adição interessante e bem mais cómoda que a Match Call de Pokémon Emerald onde só podíamos voltar a desafiar os líderes de ginásio quando eles nos ligassem e isso era um enorme problema, em toda a minha história com essa versão de Pokémon apenas recebi uma chamada da Roxxane e outra do Wattson, e eu passei várias horas em volta da Battle Frontier sempre na esperança que eles o fizessem.
    Por falar nessa “fábrica” de batalhas, ela está de volta a Pokémon Platinum! É uma Battle Frontier completamente nova com desafios diferentes de antes. Mas antes de puder lá entrar precisamos do Vs. Recorder, um novo item que permite guardar um vídeo das nossas batalhas mas também guarda os nossos BP’s e os nossos feitos. Desta vez temos 5 edifícios no total, que são:


    • Battle Tower: Funciona da mesma forma de sempre, temos de seleccionar três dos nossos Pokémons (ou quatro se forem batalhas duplas e ainda existem Multi com NPC’s) e derrotar vários treinadores de forma consecutiva, quando derrotarmos 20 ou 48 treinadores sem perder aparece Palmer (curiosamente é o pai do nosso rival, também apareceu em Diamond e Pearl) que ao vencê-lo recebemos um carimbo comemorativo no nosso Vs. Recorder;
    • Battle Factory: Funciona tal e qual como a versão de Hoenn deste edifício, temos de derrotar diversos treinadores de forma consecutiva utilizando apenas Pokémons de aluguer e podemos substituir um dos que temos por um dos que o nosso oponente utilizou. Neste local o líder é o Thorton e tal como Palmer fica disponível para batalhar connosco assim que vencermos 20 ou 48 batalhas de forma consecutiva;
    • Battle Arcade: Liderado por Dahlia, neste edifício estamos sujeitos ao factor sorte, antes de cada batalha temos de jogar à “roleta” e cada uma das suas casas corresponde a algum factor que poderá influenciar a nossa prestação, podemos fazer com que os Pokémons do nosso adversário ou os nossos sejam prejudicados com envenenamento, queimaduras ou reduções de HP (entre outros), fazer com que os Pokémons cresçam níveis ou diminuam, podemos ganhar itens para os Pokémons segurarem (os itens que os nossos Pokémons possam estar a segurar são removidos antes de entrar), alterar as condições climatéricas, ter uma vitória automática ou ainda não existir nenhum factor que condicione as batalhas. Tal como os edifícios anteriores, às 20 e 48 batalhas consecutivas podemos desafiar a líder deste local;
    • Battle Castle: Neste castelo temos de gerir os nossos Pokémons da forma que pretendermos, todos os itens que eles possam estar a segurar são removidos previamente e após cada batalha todos o HP e PP que os nossos Pokémons perderam não são restaurados, mas acabamos por receber CP’s (moeda corrente do Battle Castle) por cada vitória nossa e antes de prosseguirmos podemos gastar esse dinheiro em diversas coisas como curar os nossos Pokémons, dar-lhes itens para segurar, aumentar níveis ou Stats, conhecer Pokémons adversários, enfim, a escolha é muita. Todos os CP’s não utilizados serão acumulados, e se for acumulada uma boa quantidade deles o nosso Rank subirá e isso desbloqueia ainda mais regalias. Após 20 ou 48 vitórias podemos desafiar Darach, mordomo de Caitlin (hoje conhecida como membro da Elite 4 de Unova), e ao vencê-lo ganharemos o reconhecimento desse edifício;
    • • Battle Wall: Neste edifício apenas podemos escolher um dos nossos Pokémons (ou dois se escolhermos batalhas duplas) e ao longo de 10 batalhas por ronda temos de desafiar oponentes com um Pokémon de um tipo à nossa escolha, existindo assim um grande controlo dos Pokémons que enfrentarmos mas podemos bem ter um Pokémon eléctrico e escolher enfrentar um adversário do tipo de água e calhar um Quagsire na rifa. Sempre que derrotarmos um Pokémon de um determinado tipo, os próximos desafios desse tipo terão um nível maior que a pessoa que enfrentamos antes e quando se chegar ao rank 8, os oponentes irão começar a ser de tipos aleatórios. Depois de 49 vitórias consecutivas ou 169, a líder Argenta irá desafiar-nos com um Pokémon completamente aleatório e é importante de referir que temos de utilizar sempre o mesmo Pokémon ao longo do nosso percurso, caso contrário o recorde de vitórias consecutivas será perdido. Este é sem dúvida o edifício mais exigente desta Battle Frontier pois com um só Pokémon temos de vencer todos as 10 categorias de cada um dos 17 tipos para ser o “Mestre” deste local.

    Eu adorei esta nova Battle Frontier e prefiro esta versão à de Pokémon Emerald, embora existam menos edifícios, todos eles são bem competitivos e com regras bem moldadas, não existem locais onde os Pokémons lutam sozinhos ou a exigência é de tal forma absurda que obriga uma pessoa a estar mais preocupada em gerir os seus Pokémons que a combater. Outra coisa importante de referir é que a IA deste jogo está realmente muito boa, não só na Battle Frontier como também ao longo da aventura, é mesmo inteligente e não faz tantas coisas parvas como tem sido habitual na série e as classes de treinadores têm influência no desempenho desse personagem (sobretudo na fase inicial do jogo). Este é um jogo bem mais exigente do que os anteriores, mas está muito bem estruturado e uma pessoa adapta-se aos novos desafios com facilidade sendo novato ou não.
    As adições desta nova entrega não são muitas, mas são de enorme qualidade e fazem com que este Pokémon Platinum se destaque face a Diamond e Pearl. Corrige aquilo que de mal foi feito enquanto jogo da série que é e adiciona algum conteúdo que complementa a todos os níveis a experiência Pokémon, só a Battle Frontier expande a vertente competitiva da série de uma forma enorme. Os únicos problemas que posso apontar são técnicos neste campo da jogabilidade, Pokémon Platinum continua a não tirar o melhor proveito da principal característica da Nintendo DS, os controlos são algo arcaicos e realizamos com maior facilidade aquilo que pretendemos com os botões da consola e não com o ecrã.
    Como já seria de esperar, graficamente este jogo não é muito mais que as versões anteriores mas teve algumas melhorias substanciais. A velocidade da navegação da personagem enquanto se faz Surf está mais rápida assim como a dos próprios combates, estes estão ligeiramente mais rápidos e até existem novas animações de alguns ataques, os nossos Pokémons também se movimentam ao sair da Pokébola tal como alguns treinadores importantes se movimento quando os enfrentamos em batalhas. Para além disto algumas áreas foram redesenhadas (sobretudo interiores) e até adicionaram alguns efeitos noutras, na Eterna Forest por exemplo, vê-se os pequenos locais iluminados pelo sol nesta floresta muito densa. São pequenos detalhes que torna a experiência fresca num local já conhecido e isso é bom, mas não existe nenhuma novidade significativa. Gostaria de salientar o Distortion World que é um mundo bizarro no bom sentido, está muito interessante esta nova área que desafia as leis da física.
    O mesmo se aplica ao departamento musical deste jogo, as músicas de Diamond e Pearl continuam presentes e isso não é bom pois considero que a maior parte delas são desinspiradas e não existem novos efeitos sonoros, mas tenho de destacar as novas músicas introduzidas pois têm qualidade. Usemos a música do mundo de Giratina como exemplo, é bastante estranha mas consegue agradar e dá aquele ar que esse mundo deveria ter, o mesmo se aplica a outras áreas novas como a Battle Frontier e isso dá alguma frescura a esta versão.

    Gráficos 7 - Não é mais que as versões originais, mas existem novos detalhes que fazem este jogo diferenciar-se;
    Som 6,5 - Existem novas músicas que fazem jus aos novos conteúdos, mas as áreas já conhecidas continuam a ter as mesmas melodias e efeitos sonoros desinspirados;
    Jogabilidade 8,5 - Só a Pokédex renovada melhorou a experiência em Sinnoh mas existem muitas mais coisas que se destacam das versões originais, pena uma delas não ser o ecrã táctil;
    Longevidade 10 - A Battle Frontier regressou em grande, mas isto é apenas a ponta do icebergue;
    Dificuldade 10 - A IA está realmente muito boa e progredir pelo jogo é algo exigente porém fácil de acompanhar, também existe conteúdo capaz de agradar desde os jogadores mais casuais aos mais entusiastas.

    Nota Final - 8,4

    Não gostaram de Pokémon Diamond e Pearl? Então a versão Platinum vai fazer mudar a vossa ideia face a Sinnoh pois enquanto jogo de Pokémon melhorou aquilo que devia e ainda adicionou ainda mais conteúdo capaz de agradar a miúdos e a graúdos. Só lamento que tecnicamente este não seja um bom jogo senão tínhamos aqui um dos melhores jogos de sempre.


    _________________


    Friend Code 3DS XL (principal) | 4081-5670-1330
    Friend Code 3DS (secundária) | 1907-9133-8595
    Nintendo Network ID Wii U | BAlvez

    Thund3r
    Arcanine

    Mensagens : 508
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 20/11/2013
    Idade : 22

    Re: Pokémon Platinum Version (NDS)

    Mensagem por Thund3r em 31/3/2014, 16:09

    Ora ai está mais uma boa analise!

    Pessoalmente adorei o Pokemon Platinum, não joguei os Diamond/Pearl por isso quanto a esses não faço a minima ideia de como terão sido, mas para mim o Platinum foi um jogo do qual desfrutei imenso, pois tendo sido o Emerald o ultimo pokemon que havia jogado antes do Platinum, notei uma evolução astronómica e joguei abismado do principio ao fim.
    Para mim o Platinum foi o melhor pokemon que joguei até a data, tendo em conta que ainda não joguei o black/white 2 e os x/y  Smile 

    lobito180
    Mewtwo

    Mensagens : 5234
    Reputação : 21
    Data de inscrição : 20/01/2012
    Idade : 21

    Re: Pokémon Platinum Version (NDS)

    Mensagem por lobito180 em 31/3/2014, 19:12

    Sou capaz de um dia dar uma oportunidade a este Platinum. A Battle Frontier parece bem engraçada (se bem que é coisa ou não gastei muito tempo no Emerald), e talvez seja este jogo que me levará de volta a Sinnoh onde nunca mais voltei quando acabei o Pokémon Pearl! Razz

    PS: Adicionado ao índice de análises! Wink

    BAlvez
    Mewtwo

    Mensagens : 6024
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 30/12/2011
    Idade : 24
    Localização : Vila Nova de Gaia

    Re: Pokémon Platinum Version (NDS)

    Mensagem por BAlvez em 31/3/2014, 21:17

    Thund3r escreveu:Ora ai está mais uma boa analise!

    Pessoalmente adorei o Pokemon Platinum, não joguei os Diamond/Pearl por isso quanto a esses não faço a minima ideia de como terão sido, mas para mim o Platinum foi um jogo do qual desfrutei imenso, pois tendo sido o Emerald o ultimo pokemon que havia jogado antes do Platinum, notei uma evolução astronómica e joguei abismado do principio ao fim.
    Para mim o Platinum foi o melhor pokemon que joguei até a data, tendo em conta que ainda não joguei o black/white 2 e os x/y  Smile 

    Obrigado Smile

    Não concordo contigo quando falas em evolução astronómica, a nível de combates e criação de Pokémons a terceira geração foi aquela que revolucionou a série, mas também é verdade que esta quarta balanceou as coisas com a afinação do cariz dos ataques. Agora em questão de funcionalidades acho que foi um salto grande quando comparado aos jogos anteriores só pela ligação Wi-Fi, não foi o melhor sistema mas fazia o seu trabalho, mas a quinta geração foi aquela que mudou o rumo das ligações Wi-Fi e na direcção certa. Eu vejo esta quarta geração como a primeira geração Pokémon dos tempos modernos, isto porque introduziu coisas interessantes que serviram como base para os marcos de sucesso das gerações seguintes.
    Mas fora isto, eu adorei este jogo e é dos meus preferidos na série graças a uma aventura que eu gostei bastante e foi aqui que me comecei a interessar pelo lado competitivo da série. Mas existem melhores jogos na minha opinião, depois falo disso Wink

    lobito180 escreveu:Sou capaz de um dia dar uma oportunidade a este Platinum. A Battle Frontier parece bem engraçada (se bem que é coisa ou não gastei muito tempo no Emerald), e talvez seja este jogo que me levará de volta a Sinnoh onde nunca mais voltei quando acabei o Pokémon Pearl! Razz

    Tens mesmo de dar uma oportunidade a este Platinum, se gostas de Pokémon então acredito que este jogo te fará olhar para a quarta geração com outros olhos. Se os aspectos técnicos não te chatearem então tenho a certeza que vais gostar de Platinum.


    _________________


    Friend Code 3DS XL (principal) | 4081-5670-1330
    Friend Code 3DS (secundária) | 1907-9133-8595
    Nintendo Network ID Wii U | BAlvez

    Thund3r
    Arcanine

    Mensagens : 508
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 20/11/2013
    Idade : 22

    Re: Pokémon Platinum Version (NDS)

    Mensagem por Thund3r em 31/3/2014, 21:32

    Pois, eu não ligo muito aos aspectos técnicos do jogo, mas adorei as cutscenes que introduziram e a história que criaram no decorrer do jogo, achei que isso deu um ambiente muito bom ao jogo.

    Quanto ao on-line o GTS foi a melhor coisa que podiam ter posto naquele jogo, nunca antes havia tido tanto pokemon xD, só tenho pena é de terem feito a parte dos combates com aquele sistema do pal friend (não sei se é este o nome) em que tinhas de dar o código para lutar contra alguém, logo não dava para lutar contra qualquer pessoa que te aparece-se, o que me chateou um bocado e fez com que nunca tivesse feito um combate contra pessoas, mas pronto, tirando isso, jogo espectacular! Wink

    Conteúdo patrocinado

    Re: Pokémon Platinum Version (NDS)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 16:33


      Data/hora atual: 5/12/2016, 16:33